Como aumentar a Testosterona de forma natural

Como aumentar a Testosterona de forma natural

Como você pode aumentar a testosterona de forma natural?

A testosterona é o hormônio sexual masculino mais importante. É natural que os níveis de testosterona diminuam à medida que a pessoa envelhece, mas existem medidas que podem ser tomadas para retardar e talvez reverter o processo.

A testosterona é vital para a saúde e o bem-estar geral de uma pessoa. Baixos níveis de testosterona podem afetar a composição corporal de maneira desfavorável e, à medida que as pessoas envelhecem, níveis reduzidos de testosterona também podem causar ganho de peso.

Baixos níveis de testosterona também afetam a pessoa sexualmente, causando diminuição do desejo sexual, menos ereções e infertilidade.

Maneiras naturais de manter a testosterona

De acordo com um estudo recente com 9.054 homens com idade entre 19 e 39 anos e peso saudável, os níveis normais de testosterona variam entre 264 e 916 nanogramas por decilitros (ng / dL).

As empresas farmacêuticas promovem produtos que aumentam a testosterona e, embora possam ajudar algumas pessoas, também podem diminuir a capacidade do organismo de produzir naturalmente testosterona.

Além disso, esses medicamentos não são isentos de riscos.

Um estudo de 2016 observou que os benefícios e a segurança do uso a longo prazo de produtos de reposição de testosterona não são conhecidos.

A melhor maneira de melhorar os níveis de testosterona é adotando alguns hábitos de vida que podem melhorar a saúde e o bem-estar.

Dormir o suficiente

A falta de sono pode afetar adversamente os níveis de hormônios e substâncias químicas que o corpo precisa para funcionar corretamente, incluindo a testosterona.

Um estudo da Universidade de Chicago descobriu que os níveis de testosterona podem cair em homens que não dormem o suficiente.

Dez homens saudáveis ​​com cerca de 24 anos de idade, passaram 1 semana dormindo por 8 horas por noite em casa e passaram as 11 noites seguintes em laboratório. Eles dormiram 10 horas por noite durante 3 noites, seguidos por 8 noites de sono restrito, quando dormiram por apenas 5 horas. Os médicos verificaram seu sangue a cada 15 a 30 minutos durante a última noite em que dormiram 10 horas, bem como na sessão com restrição de sono.

Os pesquisadores descobriram que, após apenas 1 semana de sono restrito, os níveis diurnos de testosterona caíram em até 15%. Por outro lado, o envelhecimento normal observa reduções de testosterona de apenas 1 a 2% ao ano.

Tornar o sono uma prioridade pode ajudar a manter os níveis de testosterona. As pessoas devem procurar dormir pelo menos 7 a 8 horas por noite. Qualquer pessoa que tenha problemas para ter um sono de boa qualidade, deve conversar com seu médico.

Mantenha uma dieta equilibrada

Há muito tempo a pesquisa mostra que comer bem é essencial para manter os níveis de testosterona e a saúde geral. Segundo um relatório do Journal of Neuroinflammation, baixos níveis de testosterona e excesso de peso podem contribuir para uma variedade de condições inflamatórias e função neurológica prejudicada.

Pesquisas adicionais mostraram que comer demais e fazer dieta desregulada diminui os níveis hormonais. Este efeito é mais evidente em atletas e pessoas que são muito ativas.

As melhores dietas são aquelas que incluem principalmente alimentos integrais e oferecem um equilíbrio saudável de gorduras, carboidratos e proteínas. Ter uma dieta saudável e nutritiva pode manter todos os níveis de hormônios no corpo equilibrados e promover uma ótima saúde a longo prazo.

Perca peso

A pesquisa mostrou que homens que estão acima do peso têm níveis mais baixos de testosterona. Um estudo da revista Clinical Endocrinology relatou que alguns homens obesos entre 14 e 20 anos têm até 50% menos testosterona do que aqueles que não estão acima do peso.

Mantenha-se ativo

exercícios testosterona
É possível estimular a produção de testosterona com exercícios físicos

Um estudo do European Journal of Applied Physiology descobriu que quanto mais ativo um indivíduo, mais testosterona ele terá.

Outro estudo sugeriu que o aumento da atividade física era mais benéfico do que a perda de peso para melhorar os níveis de testosterona.

No entanto, é uma boa ideia não exagerar, pois uma quantidade exagerada de exercícios físicos podem causar baixos níveis de testosterona.

De fato, o mesmo estudo descobriu que corredores de longa distância podem conter baixos níveis de testosterona. Os pesquisadores especularam que isso pode ser devido à baixa energia e nutrição inadequada.

Vitaminas e suplementos

Um estudo publicado no Journal of Hormone and Metabolic Research descobriu que tomar suplementos de vitamina D pode corrigir uma deficiência e até contribuir para o aumento dos níveis de testosterona.

Obter pelo menos 15 minutos de luz solar direta por dia também pode manter os níveis de vitamina D. As fontes alimentares ricas em vitamina D incluem salmão e outros peixes gordurosos ou leite e produtos à base de cereais.

O DHEA é um hormônio que ajuda a produzir testosterona e outros hormônios que afetam a composição corporal. À medida que a pessoa envelhece, os níveis de DHEA caem, assim como os níveis de testosterona. Um estudo envolveu dar suplementos de DHEA a um grupo de homens mais velhos. Os pesquisadores descobriram que os suplementos produziram efeitos positivos significativos na composição corporal.

Um estudo da revista Biological Trace Element Research descobriu que tomar suplementos por pelo menos 1 mês pode aumentar a testosterona em todas as pessoas. O relatório acrescentou que as pessoas que se exercitam teriam um aumento mais significativo nos níveis de testosterona do que aquelas que não são ativas.

Tal como acontece com o magnésio, a deficiência de zinco pode contribuir para uma queda na testosterona. Um estudo mais antigo de 2007 mostrou que 4 semanas de suplementação de zinco poderiam impedir um declínio nos níveis de testosterona em homens sedentários que se exercitam.

É possível corrigir a deficiência de magnésio e zinco através da dieta. Alimentos ricos em magnésio incluem grãos integrais e folhas verdes escuras. O zinco também é um ingrediente em verduras escuras, sementes de linho e sementes de abóbora.

Evite drogas e o uso excessivo de álcool

O abuso de drogas e álcool tem sido associado à menor testosterona.

De acordo com o Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo, o uso de álcool afeta as glândulas e hormônios envolvidos na saúde reprodutiva masculina.

Além disso, o álcool pode causar baixos níveis de testosterona devido aos efeitos que tem sobre o corpo, inclusive causando reações hormonais e danos às células.

Confira também:

Os melhores suplementos para a hipertrofia

O que você precisa saber sobre jejum intermitente

Please follow and like us:

luiz1910

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow by Email
Facebook
Twitter